Get Adobe Flash player

Informativos



SENALBA/RS
Sindicato dos Empregados em
Entidades Culturais, Recreativas,
de Assistência Social, de Orientação e
Formação Profissional no
Estado do Rio Grande do Sul
Av. Dr. Carlos Barbosa, 608
Bairro Azenha - Porto Alegre/RS
Brasil - CEP 90880-000

ATENÇÃO PARA OS NOVOS NÚMEROS
Secretaria: (51) 3275.3800 
Agend. Médico/Odonto: (51) 3275.3820
Cooperativa: (51) 3275.3826
Fax: (51) 3275.3815

Atendimento das 08:30 às 12:00
e das 13:00 às 17:30
O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo.

 

O SENALBA/RS é o Sindicato dos Empregados em Entidades Culturais, Recreativas, de Assistência Social, de Orientação e Formação Profissional no Estado do Rio Grande do Sul. Um Sindicato com fundamento na democracia, na dignidade humana, nos valores sociais do trabalho, na pluralidade politica, de credo e legitimidade da ordem jurídica, para fins de representação legal - ativa e passiva -inclusive como substituto processual dos integrantes da categoria profissional, proteção, coordenação e estudo dos interesses individuais e coletivos da categoria profissional, bem como na busca da justiça e da paz social, colaboração com os poderes públicos e as demais associações classistas no sentido da solidariedade profissional e de sua subordinação aos legítimos interesses nacionais.

Lait2

Oficina no Auditório do SINDEC 

Com atividade conduzida pela jornalista do jornal Zero Hora, Cláudia Laitano, o SENALBA/RS abriu na noite de sexta-feira(16 de setembro), o ciclo de oficinas sobre elaboração de contos. A atividade integra a programação do Concurso Literário SENALBA/RS, que está com inscrições abertas. A oficina foi realizada no Auditório do SINDEC, no centro da Capital, em parceria com o StudioClio.

Além de pessoas ligadas à categoria, também participaram da atividade profissionais de outras áreas que desconheciam a existência e atuação do SENALBA/RS. Isso torna a instituição conhecida e promotora de ações na área da cultura. Cláudia explicou que os grandes contistas brasileiros se testaram na crônica que é vizinha e muito próxima do conto, escrevendo nos jornais. "Eles precisavam dos periódicos para viver, porque nenhum deles ganhava dinheiro vendendo livros. O cronista precisa respeitar a rotina do jornal. Já o contista não tem essa obrigatoriedade". O conto é resultado de um período de maturação do texto que não precisa se preocupar com a exigência da data de publicação.

A oficina foi realizada num ambiente de proximidade e troca constante entre a instrutora e os participantes. O Presidente do SENALBA/RS, Antônio Johann, explicou aos participantes que esta atividade integra a programação dos 50 Anos do SENALBA/RS. "As peças literárias mais bem colocadas no concurso serão publicadas e os melhores contos serão premiados no evento comemorativos do jubileu do sindicato. Ele agradeceu a participação das pessoas interessadas em aprimorar sua produção literária. Outras duas oficinas serão realizadas nos dias 23 de 30 de setembro com os professores João Gilberto Noll e Luís Augusto Fischer.

Lait1

Cláudia Laitano explica a produção textual

Lait

Atividade integra programação dos 50 Anos

Pales

Palestras são direcionadas aos trabalhadores representados pelo SENALBA/RS

Na programação comemorativa dos 50 Anos de existência, o SENALBA/RS incluiu a realização de um ciclo de palestras para funcionários de entidades assistenciais, no segundo semestre de 2016. Esse serviço é realizado em parceria  com o Instituto de Direito Social. A atividade gratuita será executada no Salão de eventos da sede do SENALBA/RS - Av. Carlos Barbosa, 608; Bairro Azenha -, em Porto Alegre.

            A programação terá como alvo a formação nos aspectos de saúde e os direitos humanos, para que os empregados das entidades assistenciais também atuem como multiplicadores dessas informações com seus públicos beneficiários das entidades e também em suas comunidades.

            A próxima atividade será no dia 30 Setembro, às 14h. O primeiro tema será Saúde Bucal e o segundo sobre Violência contra a mulher, com palestra da Dra Tâmara Biolo Soares. Nesta data, será feito o lançamento do Outubro Rosa no SENALBA/RS.

Reiteramos que a atividade é gratuita. Para participar, é necessário comunicar  à Secretaria do SENALBA/RS, com Renata Castro, pelo fone (51) 3275 3800 ou 3275 3832, das 8h30min às 12h e das 13h30min às 17h30min. O SENALBA/RS antecipa agradecimento às entidades e empregados pela participação nesta atividade.  

Vera1

Vera com seu colega Danúbio num dos eventos do SENALBA/RS

Faleceu no último sábado(10 de setembro), aos 57 anos, a ex-funcionária do SENALBA/RS, Vera Maria Rodrigues. Ela residia na Rua Sinval Saldanha no bairro Alto Petrópolis. Conforme atestado de óbito ela teve morte natural, em sua própria residência. O sepultamento ocorreu neste domingo no Cemitério João XXIII.

Vera nasceu no dia 4 de fevereiro de 1969, em Uruguaiana, e ingressou no SENALBA/RS em 1984, atuando como recepcionista no Centro Médico do sindicato, que funcionava na avenida Otávio Rocha, no centro da Capital. No final da década de 80, passou a fazer os serviços de recepção também para o atendimento médico e odontológico na sede do sindicato, na Avenida Carlos Barbosa 608. Ela trabalhou nesta função até sua aposentadoria, que ocorreu em dezembro de 2008.

O Presidente do SENALBA/RS, Antônio Johann, lamentou a perda. "Foi uma excelente funcionária. Pessoa sensata, zelosa e responsável em suas atribuições". 

Vera

Vera no atendimento da área médica

CME

Ex-Presidentes da Comissão com o Prefeito José Fortunati

O SENALBA/RS foi homenageado na comemoração dos 20 anos de criação da Comissão Municipal de Emprego (CME). A Prefeitura de Porto Alegre prestou uma homenagem aos ex-presidentes que contribuíram com a organização e o fortalecimento da CME ao longo de sua história. Durante evento no Salão Nobre do Paço Municipal, o prefeito José Fortunati e a secretária municipal de Trabalho e Emprego, Angela Oetinger, outorgaram láurea aos dirigentes, cujo trabalho esteve direcionado ao acompanhamento e à proposição de políticas públicas para a área. 

Ao destacar o delicado momento pelo qual passa o país, diante de uma crise que deixou 12 milhões de brasileiros desempregados, o prefeito destacou a importância da CME. “É num momento como este em que se faz ainda mais necessária a presença da comissão, ao pensar em políticas públicas complementares em busca de um caminho para a empregabilidade”, observou. 

A Comissão Instituída por decreto em 18 de março de 1996 tem caráter tripartite com representação do Governo do município, de empresários e de trabalhadores. Em duas décadas de atuação, a CME se fortaleceu como fórum de debate, controle social e reconhecimento aos trabalhadores com a promoção de ações para aproximar os programas do sistema público de emprego e renda da população. Sua gestão é exercida por sistema de rodízio das bancadas que a compõem: governo, empresários e trabalhadores.

A comissão foi criada especialmente para a geração de trabalho e renda, com o objetivo de identificar e analisar informações relativas ao emprego, desemprego e renda da população economicamente ativa Da mesma forma, estabelece parcerias com instituições públicas e privadas, inclusive acadêmicas e de pesquisas, para a obtenção de subsídios, aprimoramento e orientação de suas ações e da situação do Sistema Nacional de Emprego (Sine).

A homenagem ao SENALBA/RS ocorreu em razão da presidência da comissão exercida em 2014, pelo dirigente sindical Marco Antônio Hochscheidt. Ele dirigiu a entidade representando os trabalhadores, promovendo amplo diálogo com todos os segmentos em busca de ampliar a geração de empregos na Capital. 

Ptrab

Atividade realizada no salão de eventos do SENALBA/RS

Com palestra sobre Plano de Trabalho direcionada a qualificar a apresentação de projetos sociais, o SENALBA/RS e o Instituto de Direito Social(IDS) concluíram no dia 18 de agosto, o Curso de Qualificação de Gestores de Entidades Assistenciais. O programa foi executado em cinco tardes, abordando questões administrativas e de gestão de pessoal. Esta é uma atividade integrada ao programa de comemoração dos 50 Anos do SENALBA/RS

A abordagem do tema Plano de Trabalho foi realizada pela assistente social da FASC, Almadiva Gomes do Valle. Ela acentuou que a Lei Federal 13.2014, que regulamenta a ação das entidades sociais institui normas gerais para as parcerias entre a administração pública e organizações da sociedade civil, em regime de mútua cooperação, para a consecução de finalidades de interesse público e recíproco, mediante a execução de atividades ou de projetos previamente estabelecidos em planos de trabalho. Esta modalidade de ordenamento prevê termos de colaboração, termos de fomento ou acordos de cooperação.

Almadiva afirmou que o Plano de Trabalho será fundamental para as entidades que pretendem, a partir de agora, concorrer aos editais públicos para execução de serviços. Ela destacou que o Plano de Trabalho é uma ferramenta que permite ordenar e sistematizar informação considerada relevante para realizar um trabalho. É um guia que propõe uma forma de interrelacionar os recursos humanos, financeiros, materiais. "Qualquer aprovação de repasse de investimentos pelo gestor público será enquadrada com muito rigor, exigindo a plena transparência e completa execução dos itens estabelecidos no Plano". 

Ptrab2

Almadiva recomendou rigor na elaboração do Plano de Trabalho

Ptrab1

Participantes apresentaram muitas dúvidas

 

Sistema | E-Mail | Site
Copyright ©2013. SENALBA/RS - All Rights Reserved.

CNPJ 92.965.664/0001-03

CÓDIGO SINDICAL 000.831.05888-1